Monthly Archives: Fevereiro 2007

Pessoas…ó pessoas!!

Mais posts pedem vós…sempre a pedir mais posts. Como vingança vou-vos oferendar não um post mas:
Um texto de extrema piada efectuado para o efeito de ser colocado num blog e ser lido por pessoas.

Tomem lá!!!!
MUAHAHAHAHAHAHAH!!!!!

Como devem ter reparado, a minha sugestão de posts baseados no tema “se eu…” foram um fracasso de maneiras que ninguém postou ou comentou nada relacionado com o “dito cujo”…

Apoio-me nestes….apoiadores…quando digo que: ESTE TIPO DE POSTS VAI SER MORTO COM AFINCO(se quiserem que ele volte, colegas de escrita, vão ao add categorie)

Venho portanto escrever algo que me anda na cabeça há muito tempo(cabelo)…um post para vós, assíduos comentadores(segundos membros deste coiso) deste blog tão não-genial( a ordem pela qual vos coloco está arbitrariamente ordenada) :

Fia (a pessoa que comenta coisas) : ó fia…ó fia…ó fia.
A verdade é que não te conheço, nem sei como “viestes” tu parar a estas andanças. mas a verdade é que tuas acumulações de palavras (que consequentemente deram origem a pequenos textos) foram revitalizantes na medida em que  nos revitalizaram. OBRIGADO!!

Mário, o castor mágico/ Rosé, o frango com biko de peixe/ Alex: pessoa que atura estes marmanjos com a mania que escrevem, diariamente. Quanto a ti só digo coisas como estas:  bolas que és parvo. Deves querer começar a lançar fita cola contra estores de salas de aulas. Levas com as baquetas na bochecha..

…esperem que o Xrofa está a telefonar……….

Já tá…desculpem..bem continuando…alex és um fofo especialmente quando me acaricias a face esquerda com afinco. obrigadinhozinho.
Gunga: Gunga, pessoa que tem nome de sumo( ou talvez isso seja bongo)…és também uma personagem que comenta bastante bem…Sei que tens uma fascinação especial pela mistura bombástica entre beijo e queijo. Fazeis bem. Para ti um obrigadolas também.

Pink: Timida na frequência com que comenta. Mas, penso eu, apreciadora do nosso semi-trabalho, e é esse o principal aspecto porque efectuo este post. Vai cor de rosinha!!!
obrigado.

-eduardo- : eduardolas…pessoas que eu adoro “afalfar” com frequência. Não és homem de fazer coments muito grandes mas fá-los, sendo isso o ponto mais importante. E és também a pessoa que mais diz wuuuééé´no blog..XD

1  gajo kualker: uma pessoa que não imagino quem seja…por isso reforço o teu nome.obrigado pelos comments. E pelo teu sentido critico. um ou dois bem-hajas.

Miss Pinkie : Individua  cujos textos não tenho tido opurtinidade de ler ultimamente. Miss pinkie, onde andas tu?? sei de fontes seguras que era apreciadora da nossa estupidez…e mais uma vez não a conheço. mas um grande obrigado na mesma.

Luís Oliveira: Moderadamente tem vindo a invadir o nosso blog com o seu brilhantismo critico. Obrigado por isso. Extremamente engraçado.

PARA TODOS UM OBRIGADO +/- grande.

Se o seu nome não apareceu neste segmento peço que comece a efectuar comentários ou então me dê um chuto na parte interna da perna. holy shit

P.S.: este post não era para ter grande piada…por isso desta vez o terrivel humor..foi propositado..ahahahahaha..ihihihihihi..ehehehehojdosajhdoiahfçwjhglkergageagreag.atchim!!

Adeus e portem-se dentro dos conformes

Anúncios

splash!!!pling!!vrumm!!tás tás!!!vai buscar…

Boas meninos e meninas e pessoas que não sabem qual deles escolher(como eu). Como se encontram?Bem, mal ou sentados?? Espero que sentados pois a noticia que vos trago, é capaz de avassalar toda e qualquer mente que por ela passe. Acreditem meus caros(inflação), a notícia que venho aqui revelar chega a roçar no fantástico pois a sua credibilidade pode ser dificil de engolir/ inalar:(dois pontos( ou seja a parte onde eu me calo e começo a falar))

O OLEGÁRIO CLASSIFICOU UM FILME COMO : BASTANTE BOM!!!

Podem não acreditar, até eu (pessoa que lhe pediu uma classificação ao filme) fiquei chocado e pedi um repetição.

Bem agora já desabafei já posso falar do que me trouxe aqui(as pantufas azuis):Venho iniciar uma nova cadeia de posts. Esta categoria chama-se “se eu…”. Ou seja nestes posts o pretendido será um texto baseado nos nossos desejos(se eu fosse, se eu tivesse, se eu pudesse, etc…) mais infimos e se possível estúpidos. Começarei de imediato com a minha contribuição:

Ok ou talvez não…não me lembro de grande coisa neste momento…mas a verdade é que já muitas veze, quando estava sentado na retrete ou a caminhar para a escola, muitos pensamentos deste teor me me invadiram a cabeça(com naves e robos).

Bem visto que não poderei fazer muito mais, resta-me pedir ao resto dos membros deste blog que o façam….isto pela simples razao que…eu sou uma besta

Já agora deixo-vos com umas das minhas piores piadas de sempre…ora vejam:

Sr. Tobias – Há um colégio qualquer na Inglaterra onde se paga algo como 10.000 € por periodo…e tal

Eu(no auge da minha inauvidável parvoice) – Atão posso ir para lá…estou grávido deve ser grátis!!

Agora sim podem enfiar vossas botas no meu rabo

ADEUS

P.S.:esta ideio do “se eu…” foi criada conjuntamente com o tão belo tobias numa aula de quimica…com uma versão algo diferente…ahahahah”

1001 razões para odiar o Olegário

Visto que hoje é quinta e ontém, se não me engano, foi quarta, e esta não é de todo a melhor maneira de começar um post… Bem, o melhor é carregar no enter.

Para não abrandar mais a maratona de ofensas de teor quezílico contra o senhor/senhora Olegário, começo já pela 1ª razão para o/a odiar:

Antes de ir mesmo para o objectivo deste post, quero deixar claro que todas estas objecções contra o/a Olegário são devidamente fundamentadas, todas verídicas e 100% credíveis, porque sim.

1ª- Uma das razões primarias para eu tanto odiar aquela besta é pelo simples facto de ele não ter um esternocleidomastoideu tão sexy e atraente como o meu.

2ª- É teimoso que nem um orangotango vermelho de Casais d’Além.

7ª- (para começar a despachar isto…) A mais de 5 metros de distância, só rasgando as nossas cordas vocais é que ele nos ouve, não é surdo, não ouve mal (penso eu), é estúpido, pronto.

8ª- Não gosta de tomate. (sim, gostos não se discutem, mas ele é um bocado abichanado…)

9ª- Estando perto dele faz com que uma incrivel vontade de o esmurraçar nos rodeie. (o que nesta me faz odiá-lo, é o facto de não lhe bater…)

10ª- Tem hafefobia, ou seja, medo de ser tocado, até no banho.

11ª- Gosta de francês.

12ª- Tem também cibofobia, alguma vá, que é o medo de comida. Olegário, tem medo de experimentar comidas e outras coisas, mas esta só convivendo com ele é que é observável)

13ª- Foi para economia, portanto é por nós carinhosamente chamado de Vigário.

14ª- Não tem bolas/tomates para nada. (literalmente e na realidade)

15ª- Não sabe filmar com tripé, nem sem ele… Ok ele não sabe filmar…

16ª- É esquerdino, não tenho nada contra os esquerdinos, só que é o Olegário o que é que querem…

17ª- Tem um bigode bastante abixanado, que faz lembrar o buce de meninas higiénicamente menos cuidadas.

17.1ª- Por mais que lhe digamos que esse tal amontoado de pêlos faciais lhe porporciona um look altamente javardola, ele insiste com o seu obscuro bom gosto.

18ª- Tem namorada e eu não… (E pensais vós, então mas ele não era homossexual? Pois pelos vistos acho que ele disfarça quando está com ela.)

34ª- Quando se sái com o que faz melhor (mesmo sendo horrivel nisso) as suas piádas isentas de qualquer tipo de comicidade, ele apresenta uma expressão facial acompanhada de um riso que so apetece lhe dar umas belas punhadas mesmo no pescoço…

35ª- Tem uma prateleira com livros no quarto…

35.1ª- Tem um grande Snoopy, também no quarto, que já foi vítima dos maiores e mais cruéis abusos sexuais já alguma vez efectuados a um animal. Atenção autoridades da protecção dos animais: SALVEM ESTE SNOOPY! (zoofilo de cócó-xixi)

36ª- Se alguém for ao cinema com ele é certinho que no fim da sessão ele dirá que não gostou do filme, mesmo que o visionado tenha sido o filme da nossa vida.

37ª- O Olegário não sabe nadar! Yo!

38ª- Na época de mais calor usa umas sandálias, que me fazem lembrar os anúncios da Beppi, aquela musica irritante, tal como tu olegário, que já nem me digno de digitar o teu horrendo nome com a 1ª letra maiuscula!

39ª- Tem um prego espetado no dedo! (e eu não…)

40ª- O OLEGÁRIO FOI PARA A ALA INFANTIL NO HOSPITAL!!!

50ª- É parvo.
50.1.1ª- É muito parvo.
50.2ª- É parvalhão todos os dias.
50.3ª- Estúpido!
50.4ª- Palhaço do catano!
50.5ª- Levas uma ‘ca catanga nessas nalgas qu’até arrotas a fresquinho pah!
50.6ª- Já chega de cinquentas, pontos, um, dois, ect…

51ª- Tem o dom da palavra, imperativamente bradando, consegue comandar pessoas, utilizando expressões como: “Anda!”

52ª- Esta de cima não era muito para odiar, mas pronto, é contra o Olegário, logo conta tudo…

53ª- Tem a pele branca e não bronzeia no Verão. (fico com tanta pena dele que só me apetece odia-lo)

54ª- A sua fenomenal aptência futebolistica é somente comparada ao maior mito do futebol português de sempre, Emílio Peixe!

55ª- Esta foi só para fazer número…

56ª- O seu gosto modista faz-me lembrar a nobre calçada salpicada por contrastantes pintas negras num mar de pedra branco, na qual um belo naco de bosta de cavalo flutua no seu brando leito monocrómatico. (Sim, isto tudo para dizer que ele tem uns gostinhos de, portanto, cócó…)

57ª- A sua homossexualidade esbanjante aníquila qualquer concorrencia numa gay parade. (Este ódio tem os créditos da Josefa, pois ele gostava de um dia ser o rei numa dessas concentrações…)

58ª até à 1001ª- É repetir todas estas veridicas afirmações referidas previamente para dar mais ênfase ao ódio que a minha pessoa surte pelo maior ogre mal-cheiroso do Entroncamento, Olegário, a pega ranço..(ups!) Olegário, o operário.

Olegário=Shit

Moral da fábula (sim, porque isto é com um animal): Contra factos, não há argumentos…

é estupido…

este post serve unicamente para comentar o anterior visto que por razões técnicas se torna impossível

HASTA

*12$#&%985)/%#&(%$)%)/$ (primeiro post cujo titulo não passa de uma sucessão completamente aleatória de símbolos retirados de um qualquer teclado)

Como puderam verificar no titulo: eu hoje estou parvo…ontem também.

Este post irá fazer-vos rir como senão houvesse amanhã(isto se prometerem que haja um depois-de-amanhã)…ou então não vai…mas em principio vai..ou não…mas é bem provavel que….não.

Começo por referir uma frase digna dos livros de estudo do meio da 3ª classe( tentem lê-la fazendo um sotaque tipo escultor françês do séc. XVII:

“epá se fazem isso amanha quando acordarem já estão mortas”

Dói-me um pé!! Esta é a frase que me tem dominado nos últimos dias, o que eu não percebo visto que não tenho qualquer tipo de dor no pé, mas simplesmente não consigo parar de o referir…ajudem-me ou terei de o pedir a um qualquer programa da TVI.

É carnaval. isto nos tempos que correm(ou andam(não eu não disse isto!!!)), só pode significar uma coisa: crianças de idades variadas a correr em todo e qualquer hipermercado, espanpanando os seus trajes festivos e bem originais, dos quais os projenitores se orgulham bastante.

Quando falo de bem originai refiro-me ao meu mais recente estudo:

Quais os disfarces escolhidos pelas crianças nos tempos que correm(não farei mais piadas em relação a esta expressão)??

A resposta é esta: Bruxas, Palhaços, Sevelhanas ou Noddys!!
É que não falha, catano!!!

Originalidade, peço eu!!ou então salame de chocolate!!….uma delas.

Possas que ja fiquei arreliado. Vou mas é comer bolachas maria.

Adeus…e dói-m um pé…catano!!!!!!!!!!

Sanduíche: A eterna tortura do fiambre

Tardes agradáveis.

Há já uma quantidade incomensurável de tempo que meus glóbulos oculares não pausavam a sua estrabiquice e, por momentos, visionamentalizavam o que de novo existia neste local que nada deve aos mais rançosos bordéis do Haiti. Aliás, eles é que lhe devem a ele. Um troco de 2 dólares, quando o Pura Estupidez decidiu divertir-se com uma prostituta de nome Yolanda (nem vou referir o facto de o blog ter, nessa noite, apanhado chatos. E concerteza não referirei deveras o facto de esses chatos serem precisamente os autores desta massa cinzenta cuja cor avermelhada me faz pensar no céu azul pintado com um lápis beige. Ai, eu sou mesmo familiar dos irmãos Dalton…).

Quando volto, deparo-me com uma carta de despedida de Josefa, a Curandeira. Interrogo-me então: “Será que por uma vez os CTT foram eficazes?”

Não, afinal não foram, dado que, passado umas horas, a transsexual mais carcomida na zona do recto de que há memória (e mesmo os doentes de Alzheimer o sabem) voltou para assombrar este blog, inundando-nos com uma teoria de teor legal duvidável. Sim, eu INVENTEI-A PRIMEIRO! Tenho memórias de, com cerca de 7 anos, me questionar o porquê de existirem tão poucas nozes brancas nos cereais Clusters que diariamente deglutia com afinco (e muitas vezes a sujar o babete). Tal facto levou a que as minhas papilas gustativas se rebelassem, pedindo um novo tipo de cereais, pois os Clusters, com aquele adorável koelhinhuh hiper-fufituh coum umah buxexah xuper doxii i k xo mi apitexi mixê, já não eram benvindos ao meu sagrado reino bocal, onde só certos e determinads alimentos tinham permissão para entrar. Para além dos penizes, ’tá claro. Este facto levou-me a passar a comprar as maravilhosas ESTRELITAS, os cereais mais poderosos do universo.

Mas voltando à teoria da Josefa, tenho a dizer que de facto fui eu quem a primeiro inventou, o que nos leva a deparar com um problema que urge ser resolvido (“vamos por partes”, diria Jack, o Estripador).

Mas tudo se vai compor. Eu vou chamar o Mozart.

…   (para quem não sabe, isto são três vacas-macho a pastar)

Para terminar, gostaria de fazer uma referência a Mário, o Castor Mágico, que bateu o recorde de comments consecutivos neste blog: nada mais nada menos do que 12! Parabéns! És um verdadeiro spammer e apetece-me pregar-te o dedo mindinho do pé a uma bicicleta e fazer a Volta a França! Ena!

Ausentar-me-ei até quarta-feira próxima. Neste tempo, aproveitem para se lamentarem do facto de eu não me ausentar mais tempo e também para usarem o vosso talão Continente na aquisição de garrafas de champanhe, para celebrar a dita ausência.

Ora então um grande bem-haja e uma quantidade considerável de Espadarte fluvial.

Gnah!

PS: Já que gostam tanto de comentar, usem a vossa imaginação e digam de que forma vão celebrar a minha ausência. Boa sorte!

Olegary, the Worksman (so fuckin’ gay)

arghhh que me doi um pe!!!

Ora bem….sim voltei….ainda vão ter de sofrer bem mais…muahahah….e devo dizer que as únicas razões porque voltei foi pelas ameaças dirigidas ao meu baixo, e pela ameça, feita por olegário, que dizia que me iriam tirar o banho com ele (nunca, nem que …10x(personal joke, não liguem)).

Faço já aqui um apelo:
Vamos enviar mails consecutivos para a nestlé com o seguinte pedido: “queremos  cereais que sejam unicamente aquelas coisas brancas que estão nos clusters, ou então não há banho de hidromassagem hoje há noite(ja vimos que resulta)”.

Até loguinho!(que é como quem diz: até logo)

Yay? yay! (primeiro titulo de post com uma pergunta e simultaneamente com uma resposta)

Ora boa noite,

não vou comecar este post por “ahh e tal, venho por este meio informar..tatati tatata” porque é bastante deprimente..

Venho por este meio informar que hoje fiz um Check-UP(palavra engraçada..check up) e qual não é o meu espanto quando o senhor doutor me diz:

Doutor diz:
olhe, voce sofre de Hipopotomonstrosesquipedaliofobia!

piada apenas acessivel a pessoas cultas ou a pessoas com bacharelato(outra palavra engraçada) a medicina.

Sem mais,
Enviovlávia a Hipopotomonstrosesquipedaliofóbica

………………………………….

Boas

Venho pelo meio de post declarar que devido a motivos vou ( temporaria ou permenentemente) deixar de escrever neste blog que será tão melhor sem mim

adeus

Ainda não é a tão aguardada quezília mas é quase…

Eu liguei o meu telemóvel e ele disse-me que estava a procurar a rede, espero que não se demore muito pois tenho de ir jogar à bola…

Posto isto, CAMPE… ahn, ahn, ahn… (estas onomatopeias são para ser lidas como se fosse aquele som irritante que toda a gente efectua antes de começar um falatório)

(Etretanto, vou tomar uns cogumelosinhos (engraçada esta palavra não?) e uns comprimidos engraçados e coloridos…)

É com grande eufemismo que escrevo agradavelmente e com todo o prazer nesta bela lixeira de palavras caras, onde todas essas perdem sentido subitamente e formam conjuntos de frases completamente sem sentido e relaxa o corpo e a mente através da expiração profunda e onde é que eu ia? Pois, não sei, mas é por aí, quando passar os semáforos, vire à esquerda e bata as natas em castelo, depois do jantar as laranjas fazem mal, junte tudo e aqueça em banho-maria, por fim adopte um posição cómoda, num lugar tranquilo, veja se a impressora tem tinta e tome banho.

Por consequência, e visto que a minha sanidade mental está equivalente a uma casa-de-banho pública lastimavelmente podre, eu acho que, para bem dos nossos leitores e para o bem da Odete Santos que Deus tem, ups, àh pois ela ainda não faleceu… é que tem cara disso a senhora… Seguindo, você vai sempre em frente, puxa o autoclismo e manda uma sms a todos os 91’s dizendo que hoje está fresco e que não apetece nada limpar os estores, pois o vizinho do 3ºfrente deixou o a comida arrefecer…

Chamem-me louco, demente, lunático, mas eu prefiro chamar o 112… Ó da guarda! Ó da guarda!

!aid mob ,otnatrop aro(Pura estupidez sempre a I9H2O+Vapor de Agua)

xiça!
parece que sim!
tenho um fã!

eu nunca tinha visto ninguém tão feliz com um Post meu!
só mesmo por causa disso, e por causa dos Caudais de Nivel Baixo no Litoral e Médio Centro e à produção em pouca quantidade de folhas e de comandos de televisão apropriados para esquerdinos, este post vai ser dedicado inteiramente aos meus fãs!

..

FIM!
sem mais, Enviovlávia a Terapeutica

 em mais um dos seus momentos de descompressão

Referendo sobre despenalização do aborto no domingo com chuva

O título deste post é algo de divino. É uma frase que será recordada durante séculos e estudada como um exemplo de como se deve fazer jornalismo inovador. Pertence a um abençoado jornalista do Diário Digital, que eu sinceramente gostaria de conhecer e confraternizar com.

Numa altura em que se discute repetidamente e por todo o país a temática do aborto, surge, em boa hora, uma lufada de ar fresco (sinceramente não sei como é que ele pôs tanto ar numa luva).

No entanto, nem tudo são rosas. Há aqui índices de papoilas e, quem sabe, de samambaia. Suspeito das intenções deste talentoso criador de títulos de notícias (e provavelmente de porcos. Ouve-se muito que os jornalistas mantém porcos a viver em condições desporquianas, não lhes dando inclusivé de comer o necessário refogado de merdinha todas as semanas). A perspicácia e astúcia do jornaleiro levaram-no a distorcer a questão do aborto, transformando-a numa que terá na maioria dos casos a resposta SIM:

“Ó Alzira, hoje quero ir votar. Levo o guarda-chuva?”

“SIM”

Ora, como só os parvos se molham (e por isso é que eu nunca tomo banho), todos responderão SIM a esta indagação, o que tornará o referendo numa esmagadora vitória do SIM por 100% a 0.

Mas voltando ao tema da nossa actividade no tempo do coelhinho grávido de cacau em forma de ovo… Sim, iremos de facto filmar alguns de nós a dizer os melhores posts e colocaremos aqui, inclusivé, sketches, essa bela palavra que por acaso nem é muito bela; é mesmo feia. Ou, vá lá, a sua fealdade provocaria inveja ao Júlio Isidro, que, com o seu portentoso nariz, detém grandes recordes.

Mas agora a sério: hoje é dia de croquetes ao lanche, que é a expressão designatória de: “Mais uma vez, não tenho a mínima originalidade e cá vou eu postar mais um aglomerado de palavras desprovidas de graça/comicidade/50% de desconto com talão Continente”(é incrível como não há um único post em que não refiramos comida ou pelo menos um supermercado. Nós gostamos tanto de comer e, portanto, somos tão obesos, que para nos tirarem uma fotografia têm de o fazer por satélite. Aliás, no outro dia eu tomei a decisão de me levantar. Apoiei todo o meu peso no sofá…fiz força…e a Terra caiu, indo bater contra Júpiter, que, em plena aula de Ioga Celestial, se enfureceu e nos mandou umas quantas luas para cima. E TAU! 50 mil asiáticos pó galheiro).

Já que neste post é só temáticas difusas, lanço mais uma acha para a fogueira (acham que sim?): Quem tem o prepúcio mais sensual? Eu ou a Josefa? Enquanto que o meu prepúcio ostenta um tom rosado e, segundo o Xrofa, um leve aroma a caril, o da Josefa é mais escurinho, sabendo a espetadas no forno com pimentão (não tenho bem a certeza desta parte do pimentão. Ó Joseeeeeefa, anda cá! Não, não precisas de vestir as calças…)

Bah…

Olegário, isso de escreveres títulos de posts enormes já me está a chatear, portanto, considera isto como uma quezília à tua pessoa, se ao menos fizesses como eu, que meto títulos muito pequeninos, para os nossos caros leitores lerem, ficarem com uma ideia da coisa e seguidamente lerem mesmo o conteúdo do post, que é o mais importante, agora tar ai com títulos pomposos e tal… o que é que isso interessa? Pareces que és parvo…

Obrigado por lerem o título.

Cheira-rabos

Olá camaradas!

É com grande alarido que vos venho anunciar um acontecimento que poderá vir a acontecer: nestas férias da Páscoa, ou do Carnaval, não sei, iremos fazer coisas fixes! Ok ficaram na mesma… A verdade é que, os PE (Pura Estupidez, quem não sabia devia morrer com pitiríase liquenóide) vão efectuar, vá coisas normais (sim se analizarem o profundo da nossa estupidez, não veram nada pois é muito escuro…(passem à frente desta piada sem piada.).. mas como citava, para nós é normal, porque sim.). Logo vamos desenvolver um projecto já desenvolvido que é uma coisa, vá, fraquinha, bem, sem significado…

Espero que tenham ficado bastante contentes de terem acabado de perder 30 longos segundos para lerem uma informação sem qualquer tipo de data, ou informação…

E de quem é a culpa? É do Bastonário da Ordem… não sei porquê, mas é.

Os PE vão entrar em actividade outra vez! Depois dum rásguo (novo vocábulo que significa período) de tempo em inactividade, (a física, (de produzir coisas engraçaditas e tal…) pois a mental é e sempre será inoperável) vamos atacar outra vez! E desta vez com ainda mais estupidez que o normal! (Ahh?! Não me digas?!) Postare-mos alguns videos que fizermos só para terem uma ideia ou quatro do quão estúpidos somos e quão elegante é o tricep esquerdo da Josefa… Fica aqui a informação que eu tentei ocultar no inicio, usando palavras chatas que aborrecem o leitor mais interessado.

Outra coisa que me atentou, puxando-me a atenção: Olhei para a minha extensa colectânia de livros (acabei de a medir e mede mais ou menos dois palmos) e reparei com maior atenção no livro de nome O Grande Livro das Receitas para o Natal que me indignou bastante (sim até ao ponto de proferir 3 a 1 palavras obscenas), não foi pelo seu conteúdo, pois este até faz água na boca. (por acaso ’tou com fome… hmmm as páginas do livro nem são lá muito más) Acabada a curta merenda, vou passar as minhas indignações acerca dessa tal obra da literatura franco-germânica:

A 1ª: O seu aspecto tosco… Sim o livro é grandioso como o título sugere, mas vendo bem, o meu dedo da mão direita do lado esquerdo chega a ser mais grosso que o próprio livro. E o que é isto? Falsa publicidade, quer dizer assim o meu dedo também podia ser o grande dedo das práticas heterossexuais entre javalis pernetas do Bali e suburbios.
Não é? Pxtá’ claro…

2ª: Desfolhei o livro e logo nas primeiras páginas, aquela página que diz a editora e mais não sei quê, atentei que o edifício dessa editora é sítuado em RANHOLAS!

3ª: Tem aqui um bacalhau espiritual e um cabrito assado com arroz de chouriço de bradar aos céus.

4,5ª: É pah esta de cima nem é de indignar… Pois o melhor é parar e ir jantar qualquer coisinha.

Buahahahahahahaha! O primeiro post de sempre começado por um B e nunca ninguém tinha reparado em tal coisa! Mas agora a sério: este post é importante. Principalmente porque tem um título tão longo que muita gente sairá do blog antes de o ler… tchii, pá, pois é! Xau (a escolha inteligenteeeee) Pontapeiem-me lá… Por favor… Nem que seja mentalmente

Momento sério (desculpem, mas tem mesmo de ser. Eu prometo que não dói nada)

Há cerca de uma semana, uma bolada na aula de Educação Física provocou-me uma dor no terceiro dedo da mão esquerda, que se entortou num ângulo jeitoso. Dirijo-me ao hospital e sou atendido após uma tarde inteira deespera (mas nem entremos por aí, porque ainda me faço explodir para aqui todo e vocês não querem isso… Ou, vá, querem, mas eu não). A doutora ortopedista comunica-me que necessito de ser operado ao dedo, na medida em que saltou um fragmento de osso e bá-bá-bá (bete). Dois dias passados, sou operado ao malogrado dedo (após estar um total de 9 horas esperando e fazendo planos mais ou menos maquiavélicos para que o intestino dos enfermeiros homossexuais que por ali se passeavam fosse parar a um qualquer outro hospital…na Roménia, vá). Acordo, ainda meio atordoado pela anestesia, e, olhando para o sinistrado, a minha pele enbranquece e quase colapso. Tinha um PREGO enfiado no dedo! Mas rapidamente me habituei a isso, já que quando o paracetamol parou de actuar, vieram as dores e quase que a minha sanidade mental desapareceu (por mais baixa que ela já fosse). Como sou um indivíduo pouco sério, decidi logo prescrutar utilizações para o meu pedaço de metal de estimação. Muito melhor, os elementos todos do Pura Estupidez visitaram-me no meu período de convalescença e logo uma torrente delas surgiu, como o pus fluía dos ouvidos da bébé com otite que se encontrava a meu lado no hospital (sim, eu fui para a ala infantil com 15 anos… Como prevejo que todos me quererão gozar, peço-vos que o façam por comment… Vamos bater um record. Não do blog, mas de toda a Internet!) Como este estúpido texto italiano já se está a alongar demais, tanto que daqui a pouco tem a elasticidade do orifício anal da Josefa(e olhem que eu sei do que estou a falar!), passemos então ao interessante.

09022007002.jpg09022007.jpg

Apesar da fraca qualidade das fotos, denota-se o pedacinho de metal espetado. De referir que foram tiradas hoje à hora de almoço por trás do LIDL, o que lhes aumenta exponencialmente o valor de mercado. Como prometido, eis finalmente as utilizações:

  1. Instrumento para comer caracóis . A primeira e a mais difundida utilização. Sugerida por uma enfermeira de 40 anos!
  2. Arrombador de fechaduras . Sou um mauzão.
  3. Saca-rolhas . Creio que estou a iniciar o fim do negócio destes inúteis objectos. Vivam os pedaços de metal espetados no dedo que causam dores incríveis!
  4. Pára-raios . Os professores têm dito que eu ando muito eléctrico. Não sei porque será…
  5. Antena de Rádio . Pondo o dedo no ar, uma pafernália de estações põe-se-me à disposição, bastando-me apenas rodar o polegar para escolher uma que me agrade. Ora cá vai: “…Antena 1, Desporto… E vai Peçanha com a bola controlada…é incrível como… BZMZBZMBZM Oceano Pacífico… BMZMZMZM RFM. Só grandes músicas! BMZMZMZMZ OHHHH! NÃO MACHUQUE! SIM, MAIS, MAIS FORTE, MAI…” (blasfémia, isto também sintoniza televisão)
  6. Uma coisa qualquer para a diabetes . Um indivíduo lá da escola tentou descortinar sobre a verdadeira razão de eu ter este prego enfiado no dedo… Enfim.
  7. Canivete Suiço . Um canivete xrofiano! Funahahahaha!
  8. Helicóptero do Inspector Gadget . Comentários? Também acho que não.
  9. Agulha de Acupunctura . Tenho aqui mais uma soberana oportunidade de massajar homens nus… Ups!
  10. Florete de Esgrima . Sou já o campeão olímpico virtual. E não, não passei o jogo na Playstation. Enquanto que os adversários possuem umas espadalhorras que parecem os dedos da Josefa, eu luto com um pedaço de metal com pouco mais de um centímetro. Faço-me de coitadinho, choro, e, quando eles se aproximarem… TAU! Um olho pó galheiro!
  11. Máquina de fazer picotados . Mais uma vez, Olegário a privilegiar o desenvolvimento da indústria em Portugal, ou não fosse ele um operário prestigiado. Bravo!
  12. Apanhador de folhas do chão . Chegarei a técnico de superfície chefe enquanto o Diabo retira um demónio do nariz.
  13. Furador de Orelhas e Tatuador . Estúpido.
  14. Desentupidor de Sanitas de Ratos . Isto já começa a ser um pouco forçado.
  15. Pendurador de Casacos de Ratos . Chega, a sério…
  16. Desenhador de Paredes de Ratos . OK, és muito engraçado, mas podias parar com isso, na medida em que…
  17. Objecto de Utilizações Variáveis . CALA-TE, CATANO!
  18. O Olegário é nabo… E tu és uma mera couve semi-comida por minhocas aéreas.
  19. Deves querer que te aperte o dedo, ou o catano. Até guinchas… Atreve-te.
  20. AGHHHHHHHHHHHHHHHHHH!